Início » Mundo Animal

Mundo Animal

Anúncios

Curiosidades sobre o mundo animal

No mundo animal, alguns animais chegam a ter 95% do código genético igual ao do ser humano. No entanto, às vezes esquecemos de como somos parecidos com eles.


Por que os gatos caçam passarinhos e pombos

Os gatos são predadores naturais e caçam principalmente para se alimentar e sobreviver. Mas os gatos praticam as suas habilidades de caçadores mesmo quando não têm fome. Por esse motivo, embora um gato viva em um lugar em que seu dono cuide dele, pode desenvolver um forte impulso de caça que o ajuda a aprender sobre velocidade, potência, distância e perseguição.

Mas, atenção: os pombos transmitem muitas doenças e pode infectar os gatos.

—————————————————————————————-

Pavões: ave exótica e de grande beleza

Pavão Azul: os hindus à consideravam uma ave sagrada.

Pavão Branco. Dizem que os chineses em tempo muito remoto, colocavam casais de Pavão Azul para as montanhas geladas, e por uma questão de sobrevivência eles obtiveram uma nova cor, no caso o branco para sobreviver em um ambiente com muita neve. Não é uma raça diferenciada; apenas uma mutação de cor do próprio pavão azul.

 

Ovos férteis e galados do Pavão Azul

O Pavão é considerado uma ave exótica de grande porte. O macho possui muito mais penas do que a fêmea e pode pesar até 4 kg. Suas penas menos chamativas servem como camuflagem para a proteção do ninho ou das crias, dos predadores.
O Pavão Azul, como o da foto, é o mais comum de se encontrar e foi, no passado, uma ave sagrada para os hindus. Para se ter uma ideia, quem matasse um pavão era condenado à morte. Mas, hoje isso não acontece mais.
Este foi visto e fotografado por nós, por ocasião de ida à Fazenda da Comadre, na Rodovia dos Tamoios (SP-99) que você pode fazer um tour visual no link http://www.fazendadacomadre.com.br/tour/tourvirtual.html.
Vale comentar que lá eles ficam livres e você pode visualizá-los de pertinho.
Alexandre, O Grande (300 a.C) o introduziu na Grécia. O Rei Salomão considerava esta ave tão preciosa quanto o ouro e a prata.

Pavão Arlequim: é a cruza do Pavão Branco com a fêmea do Pavão Azul, o que mescla as cores azul e branco.

Pavão Arlequim
Esta espécie de pavão é a cruza do Pavão Branco com a fêmea do Pavão Azul. Não possue diferenciais entre as duas espécies que lhe dá origem.

———————————————————————————————————————————————

Espécie monogâmica

Dizem que 90% das aves ficam com o mesmo parceiro a vida inteira, mesmo tendo já sido comprovado que a traição é uma prática usual, como no caso dos pombos. Há muitas espécies monogâmicas, isto é, que só possuem um parceiro. A maioria dos animais tem vários parceiros sexuais, ao longo da vida.

Golfinho no Canal de São Sebastião/SP fonte: http://www.yci.com.br

Chipanzés, golfinhos e elefantes, são capazes de se reconhecer no espelho, bem como são tidos como analistas de fisionomia.

Labrador

No que se refere aos cachorros, uma pesquisa realizada na Universidade Kyushi, no Japão, comprovou que labradores adestrados conseguem farejar amostras de saliva e urina e acusar  doenças como câncer do intestino.

Chipanzés, golfinhos e elefantes, são capazes de se reconhecer no espelho, bem como são tidos como analistas de fisionomia.

O mundo animal é cheio de surpresas interessantes.


Conhecendo melhor os gatinhos e gatinhas e vencendo medos e preconceitos

Todos nós sabemos que quando os cães estão felizes, eles abanam o rabo. Já os nossos adoráveis gatinhos expressam satisfação através de um barulho semelhante a um ronco leve, que chamamos de ronronar. Outra forma de demonstração de  sua felicidade é se esfregar ou mesmo “amassar pão”, movimento constante feito com as patinhas.

Quando estão insatisfeitos, movimentam suas orelhas para trás, e quanto mais para trás maior é a insatisfação. Outra forma de mostrar chateação é através da cauda, com um movimento ritmado.

Segundo nossas observações e estudos, os gatos são muito participativos e comunicativos, além de serem sociáveis com as pessoas e outros animais. Também precisam de atenção e carinho. Vale comentar que os gatinhos são animais que conseguem manter uma certa independência. Às vezes, somem por alguns dias, mas se nada lhe acontecer, voltará para casa cheiro de alegria.

Muitas pessoas ainda insistem em comparar o temperamento de gatos e cães,  bem como a vê-los como um bicho traiçoeiro. E quando sua cor é preta, são ainda mais estigmatizados, já que por serem pretos, trariam azar. Mas tudo isso é puro mito, causado pelo desconhecimento e preconceito.

E agora que você já conhece mais sobre esse felino, lembre-se que a Cia das Patas https://pt-br.facebook.com/companhiadaspatas.ong/ possui vários gatinhos e cães, para doação. Assim, aventure-se e adote um. Poderá constatar o que falamos aqui sobre esses bichinhos carinhosos e simpáticos, além de companheiros e muito independentes.

Sobre a Cia das Patas

Cia. das Patas é uma ONG que atua no litoral Norte de São Paulo, em Caraguatatuba e São Sebastião e tem por finalidade ajudar animais abandonados entre cães e gatos.

———————————————————————————————–

A importância dos animais para os humanos 

Todos os animais são importantes no planeta, por desempenharem uma ou várias funções na natureza. Alguns são capazes de melhorar a vida dos humanos, em certos aspectos. Já outros, podem provocar muitos danos. 
Os cavalos, servem como meio de transporte, para lazer e para ajudar a puxar carroças nas áreas rurais e arado, além de serem utilizados em competições.

Os bois e vacas, além de fornecer alimentos, como a carne e o leite, podem também fornecer o couro.

As abelhas são também muito importantes. Elas produzem o mel e o própolis (antibiótico natural), muito utilizados para combater e tratar de gripes, resfriados e problemas de garganta. Soma-se a isso, que as abelhas levam em seus corpos o grão-de-pólen, ajudando na reprodução de diversas plantas. É a polinização.

No que se refere a fabricação de tecidos e roupas, as ovelhas são as nossas fornecedoras de lãs e a seda que é fabricada a partir dos casulos de uma espécie de mariposa, chamada de bicho-da-seda.

Os  porcos, bodes e galinhas são muito utilizados pelos humanos na alimentação. As galinhas nos fornece ovos, um alimento que faz parte do dia a dia das receitas, em todo o mundo.

Certos morcegos, assim como alguns anfíbios e lagartixas, alimentam-se de muitos animais invertebrados, inclusive de mosquitos que podem provocar doenças e também são muito importantes.

 

 

 

 

 

 

Mas, por outro lado, existem animais que, apesar de serem necessários para o equilíbrio da natureza, podem transmitir doenças aos seres humanos,  como as baratas, ratos e mosquitos, que são os responsáveis pela Dengue e a Febre Amarela, por ex.

Assim para que esses animais não nos prejudiquem, é necessário tomarmos alguns cuidados e um deles é não deixar lixo acumulado pela casa, nem no quintal, não deixar recipientes com água parada. O lixo pode acumular água parada, permitindo que alguns mosquitos, como os transmissores da dengue, coloquem seus ovos ali.

—————————————————————————————————-
Curiosidades sobre as Cigarras

É na primavera que as cigarras aparecem com seu som estridente e alto, principalmente nos dias mais quentes,  para atrair as fêmeas. O som que as cigarras produzem serve para atrair a fêmea e para manter predadores longe.

Existem cerca de 3.000 espécies conhecidas de cigarras em todo o mundo.

Com um ciclo diferenciado de outros insetos do reino animal, a fase em que ela fica enterrada no subsolo pode durar de quatro a dezessete anos. Elas sugam a seiva das plantas pelas raízes, provocando ferimentos que servem de porta de entrada para fungos e bactérias causadores de doenças.Depois de passar por esse período ela abandona o subsolo e sobe nas árvores. Uma vez nas árvores, a cigarra sofre uma transformação (metamorfose), tornando-se adulta e apresentando-se pronta para o acasalamento.

As cigarras, além de servir de alimento para predadores é também uma praga para algumas culturas.

———————————————————————————————————

4 baleia azul 3

O maior animal do mundo: a Baleia Azul

A maior criatura viva que existe e já existiu, ultrapassou até mesmo os dinossauros.

As baleias azuis podem medir até 36 metros de comprimento e pode pesar até 180 toneladas.

O comprimento da baleia-azul é comparável ao de um Boeing e o seu peso equivale ao de 135 carros “Beetle”. O animal já nasce grande, com cerca de oito metros de comprimento e mais de 3.500 quilos.

Um bebê baleia-azul é capaz de tomar mais de 600 litros de leite por dia. Ao chegar à idade adulta, consome mais de duas toneladas de krill (um pequeno camarão) a cada dia, e mais milhares de plânctons que vêm junto. Esses mamíferos gigantes vivem em grandes profundidades, mas sobem de vez em quando para respirar.

A busca por carne, óleo e outros subprodutos desses animais, desde o fim do século 19, levou essa e outras baleias ao ranking dos animais ameaçados de extinção.

Sabemos que a tecnologia de sonar também fez a caça aumentar. É que o som emitido embaixo do mar em exercícios militares faria as baleias voltarem mais rápido à superfície, sofrendo as consequências da descompressão. O aquecimento global, que afeta toda a cadeia ainda é outro problema.

A extinção continua a ser uma ameaça, mas leis de proteção internacionais conseguiram melhorar um pouco o cenário para as baleias. Estima-se que existam, hoje, cerca de 2.200 baleias-azuis nessa parte do oceano Pacífico.

——————————————————————————————————————————–

Comportamento dos animais pode avisar sobre terremotos

A maior concentração de íons positivos na atmosfera provoca – seja em animais, seja em humanos – um aumento dos níveis de serotonina na corrente sanguínea.

A informação de que alterações no comportamento dos animais sinalizam, com horas ou dias de antecedência, eventos como os terremotos já era conhecida. O fenômeno é semelhante à inquietação, facilmente perceptível em humanos, que ocorre antes das tempestades, quando a concentração de elétrons nas bases das nuvens também provoca um acúmulo de íons positivos na camada da atmosfera próxima ao solo, gerando um intenso campo elétrico no espaço intermediário.

As conclusões foram publicadas no artigo “Changes in Animal Activity Prior to a Major (M=7) Earthquake in the Peruvian Andes” (em tradução livre: Mudanças na atividade animal antes de um grande terremoto (M=7), nos Andes peruanos), da revista “Physics and Chemistry of the Earth”, que trata de uma pesquisa realizada por Rachel Grant, da Anglia Ruskin University (Reino Unido), Friedemann Freund, da agência espacial Nasa (Estados Unidos), e Jean-Pierre Raulin, do Centro de Radioastronomia e Astrofísica Mackenzie (Brasil).

No caso dos terremotos, cargas positivas formadas no subsolo devido ao estresse das rochas migram rapidamente para a superfície, resultando na ionização maciça de moléculas do ar. Em algumas horas, os íons positivos assim formados alcançam a base da ionosfera, localizada cerca de 70 quilômetros acima do solo.

Independentemente da observação do comportamento animal, os resultados obtidos mostram que a previsão de terremotos poderia ser feita também mediante a detecção da quantidade de íons do ar, com o monitoramento do campo elétrico atmosférico.

Você Sabia!

Já temos detectores instalados no Brasil, no Peru e na Argentina. Pretende-se, em breve, instalar sensores de campo elétrico atmosférico nos lugares propícios a atividades sísmicas importantes. Mudanças na ionosfera já haviam detectado com 12 dias de antecedência o terremoto do Haiti, em janeiro de 2010.

Fonte: Revista Fapesp

—————————————————————————————————————–

Conheça alguns animais aquáticos mais perigosos das águas brasileiras

água vivaÁgua-viva

Gelatinosas e incolores, podem possuir tentáculos urticantes. Nadam, normalmente, em grupo. A maioria é pequena e inofensiva, quando não possuem tentáculos.
Assim como as caravelas (vide abaixo), seus tentáculos possuem pequenas estruturas, repletas de toxinas que são injetadas na vítima ao tocá-la.

Os principais sintomas são desde pequenas irritações na pele, até lesões intensamente dolorosas e necrose da pele. Em geral, causam os mesmos problemas provocados por caravelas.

CUIDADOS

As pessoas atingidas pelas águas-vivas devem tomar os mesmos cuidados de quem foi atacado pela caravela.

Nota: Estudos apontam que o aquecimento global e a poluição dos oceanos têm impacto direto no aumento da população de águas-vivas no mundo todo, inclusive no número de incidentes com banhistas.

caravaleportuguesa  Caravela Portuguesa

Bastante semelhante à água-viva, seus tentáculos são bem maiores,   podendo chegar a 20m de comprimento. Contém muito mais toxinas do que a água viva e pode levar a vítima à morte. Devido à sua alta concentração de toxina, o líquido provoca irritação, intensa sensação de queimadura e paralisia do sistema nervoso central.

No Brasil, são encontradas em Fernando de Noronha, em Pernambuco, e em cidades do litoral do Rio de Janeiro como, por ex., nos mares de Cabo Frio.

CUIDADOS

A primeira medida é sair da água o mais rápido possível, devido ao risco de choque e afogamento. Além disso, não se deve tentar remover os tentáculos aderidos com as mãos.

Passo a passo

– Lave a região atingida com água do mar;
– não tente remover os tentáculos presos à pele esfregando uma toalha;
– aplique vinagre na região atingida por cerca de 10 minutos;
– remova os tentáculos com a ajuda de uma pinça;
– lave mais uma vez com água do mar e reaplique o vinagre por mais 30 minutos;
– em caso de dores fortes e reações inflamatórias, o uso de analgésicos, corticoides ou anti-histamínicos é indicado.

Atenção: para reduzir a dor, aplique bolsas de gelo (logo após o contato) para resfriar a região lesionada.

ouriçoOuriço-do-mar

O ouriço-do-mar é o animal que causa mais acidentes com pessoas nas praias, e costuma viver em cima de rochas, nos costões, entre pedras ou na areia, sobretudo em águas mais rasas.

Quando você esbarra ou pisa em um ouriço-do-mar, os espinhos do animal são liberados na pele, podendo causar dor intensa. Essa dor pode ser maior se os espinhos penetrarem profundamente na pele ou quebrarem dentro do corpo ou, ainda, liberarem substâncias irritantes, produzidas por algumas espécies que inoculam veneno.

CUIDADOS

Quem for atingido por um ouriço-do-mar precisa retirar os espinhos do corpo e fazer banhos ou compressas quentes para amenizar a dor.

É importante procurar um médico para também evitar possíveis infecções.

Quer saber mais? Confira as dicas abaixo!

Palestra sobre animais aquáticos em São Sebastião/SP

O especialista Vidal Haddad Jr., professor na Pós-Graduação em Saúde Coletiva do Departamento de Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Botucatu (Unesp), estará em São Sebastião, em 12 de agosto, abordando a palestra “Animais marinhos potencialmente perigosos: identificação e medidas de primeiros socorros para acidentados”.

Ele também abordará as lesões provocadas por cada animal marinho que podem facilitar os diagnósticos dos acidentes como as linhas dos tentáculos de uma água-viva ou as espículas de ouriços-do-mar.

Bagres, arraias, peixes-escorpião e niquins produzem dor, necrose, febre, mal-estar, adenopatia, náuseas e vômitos. Outros peixes podem provocar ferimentos, através de dentes ou nadadeiras em banhistas, pescadores ou mergulhadores.

Primeiros socorros e medidas tardias para o controle e prevenção dos acidentes serão também abordados na ocasião.

A palestra acontecerá a partir das 19h, no Observatório Ambiental, na rua da praia, com entrada gratuita.

Mais informações poderão ser obtidas no Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (Rodovia Manoel Hypólito do Rego, km 131,5, s/nº, Praia do Cabelo Gordo), São Sebastião. SP. Telefone (12) 3862-8422 ou no site www.usp.br/cbm . Anote na sua agenda e participe!

Uma outra dica, enquanto a palestra não acontece, é acessar o portal da Sociedade Brasileira de Dermatologia em http://www.sbd.org.br/orientacoes/acidentes-com-animais-aquaticos-2/, e conhecer mais sobre outros animais aquáticos.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: